Trabalhar cansa…

… mas às vezes compensa. A dupla de diretores Juliana Rojas e Marco Dutra conseguiu a proeza de colocar seu longa-metragem de estreia,Trabalhar cansa, na prestigiosa mostra Un Certain Regard (Um certo olhar) do festival de Cannes, que acontece no mês que vem.

Não vi o filme, portanto não tenho o que dizer sobre ele, mas vi um curta anterior da dupla, Um ramo, que recebeu em Cannes em 2007 o prêmio Découverte Kodak de melhor curta da Semana da Crítica.

É uma pequena joia de sutileza e poesia visual, em que o fantástico brota do cotidiano com uma naturalidade surpreendente. Um filme com absoluto controle do ritmo, dos enquadramentos, das elipses, dos silêncios, dos mínimos gestos dos atores, tudo a serviço da criação de uma atmosfera ao mesmo tempo poética e perturbadora, em que o humano e o orgânico se embaralham de uma maneira que lembra certos filmes de Cronenberg. Confira aqui:

No longa que agora vai a Cannes, Trabalhar cansa, o insólito também convive com o prosaico quando uma dona-de-casa resolve abrir um mercadinho na mesma época em que seu marido perde o emprego. Os atores principais são os mesmos do curta Um ramo, os excelentes Helena Albergaria e Marat Descartes (que protagonizou também Os inquilinos, de Sergio Bianchi). A produção é da produtora paulista Dezenove, de Sara Silveira, responsável também por Um ramo.

Aqui o trailer do filme, para nos deixar com água na boca – ou nos olhos:

Anúncios

13 Respostas to “Trabalhar cansa…”

  1. Adriana Cardoso Says:

    Oi Zé. Q coisa esse curta! Ao mesmo tempo q tem essa beleza da poesia “das doces folhinhas verdes” brotando no corpo da linda atriz( linda mesmo!) tem algo de terror, parece tão real, tão possivel q aconteça com qualquer um! Qta coisa implícita aí. Meu Deus , adorei. O longa,tem q ver mesmo, mas pelo trailer,já dá uma ponta de curiosidade e parece ser muito bom. Vc sempre trazendo esclarecimentos, informações e deixando o leitor realmente com água na boca pra assistir. Obrigada pelo texto. Grande beijo.

  2. zegeraldocouto Says:

    sou eu que agradeço a visita e as palavras gentis, adriana. sim, esse curta é muito rico em sugestões. muito potente. vamos esperar pelo longa. beijão, volte sempre.

  3. Lucas Silveira Says:

    Mais uma vez fiquei chocado com Um Ramo. Os enquadramentos, o tempo, a atuação, o silêncio, o segredo, a natureza e o Ramo. Fantástico. Literalmente Fantástico! Contando os dias para ver Trabalhar Cansa e Para eu Dormir Tranquilo.

  4. rachel nunes Says:

    Já tinha visto “Um ramo”. Bem insólito, surpreendente e poético (desculpe, são três adjetivações que fogem do assunto, aparentando dizer muito sem dizer nada, mas uma análise detida levaria linhas e mais linhas…). O trailer do longa parece que vai pelo mesmo caminho sutil e desvio da norma para revelar interstícios de relações pressentidas, sonhadas, aterrorizantes e… que nos levam a usar muitas adjetivações!

    Estou louca pra ver ou, como meu marido diz, estou simplesmente louca!

    • zegeraldocouto Says:

      rachel: também estou louco pra ver (ou simplesmente louco). o curta é mesmo uma maravilha, não é? suscita mesmo uma grande expectativa pelos novos trabalhos da dupla. vamos aguardar. obrigado pela visita sempre enriquecedora. abraços.

  5. Mário Says:

    Quero ver. Na verdade, TENHO que ver. Como posso fazer isso, por favor?

    • zegeraldocouto Says:

      caro mário: ainda não sei quando o filme será exibido no brasil. acho que o lançamento vai depender da recepção em cannes. mas há um outro curta da dupla disponível (dividido em partes) no youtube. chama-se “o lençol branco” e é anterior a “o ramo”. abração, obrigado pela visita.

  6. Marco Dutra Says:

    Oi Zé Geraldo, fiquei muito feliz com os seus comentários e os dos leitores sobre Um Ramo! O Trabalhar Cansa ficou pronto há pouco tempo e vai estrear lá em Cannes, mas não queremos demorar pra passar aqui no Brasil (a ideia é lançar no começo do segundo semestre). Um grande abraço.

    • zegeraldocouto Says:

      que bom ouvir isso, marco. por favor, não demore mesmo para nos mostrar o filme. como pode ver, a expectativa é grande. gostei demais dos seus curtas (“um ramo” e “o lençol branco”). parabéns pelo trabalho de vocês. boa sorte em cannes. abração e obrigado pela visita. volte sempre.

  7. Jose Says:

    Pode parecer uma uma velha mania boba minha,mas vendo este curta só conseguia pensar nos X-Men.Desculpe a confissão de colonizado.

  8. Jose Says:

    P.S.:Zé,adoraria ler sua opinião sobre X-Men:Primeira Classe.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: